Sexta, 14 de Junho de 2024
25°

Tempo limpo

Itapaci, GO

Geral IMUNIZAÇÃO

Estado inicia distribuição de vacinas contra dengue

O Pará recebeu 54 mil doses de vacinas contra a dengue, que serão distribuídas para 18 municípios selecionados pelo Ministério da Saúde, tendo como...

11/06/2024 às 19h23
Por: TVC ITAPACI BRASIL Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Crédito: Alex Ribeiro / Ag. Pará
Crédito: Alex Ribeiro / Ag. Pará

O Governo do Estado iniciou nesta segunda-feira, 10, a distribuição das vacinas contra a dengue. As vacinas estão sendo enviadas por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), aos Centros Regionais de Saúde (CRS) e, posteriormente, distribuídas aos municípios, e já estão disponíveis para os municípios da Região Metropolitana I buscarem na Central Estadual de Imunobiológicos (CEI). As aplicações são em conformidade com as diretrizes do Ministério da Saúde, para garantir a eficácia e a segurança da vacinação, como parte de um esforço contínuo para combater a dengue e proteger a população paraense.

Ao todo, o Estado do Pará recebeu 54 mil doses de vacinas contra a dengue, que serão destinadas a 18 municípios selecionados pelo Ministério da Saúde. Destas, 33.411 doses serão enviadas para a Região de Saúde Metropolitana I, e 20.580 para Carajás. Das doses destinadas à Região Metropolitana I, a capital paraense, Belém, receberá 21.127 doses.

"Hoje, damos um passo importante na luta contra a dengue no Pará, com a distribuição das vacinas. Esta iniciativa, em parceria com o Ministério da Saúde, é essencial para proteger nossa população, especialmente as crianças. A vacinação é um ato de cuidado e prevenção, e estamos comprometidos em garantir que todos recebam essa proteção. Além disso, estamos promovendo ações educativas para envolver a comunidade na prevenção da dengue", declarou a secretária de Estado de Saúde Pública, Ivete Gadelha Vaz.

Grupo prioritário -Conforme as orientações do Ministério da Saúde, a imunização começará com crianças de 10 a 14 anos, conforme acordado entre os conselhos representantes dos secretários de saúde estaduais e municipais, seguindo a recomendação da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização (CTAI) e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

"O grande desafio neste momento é garantir a participação da família e da comunidade para que todas as crianças completem o esquema das duas doses da vacina. Isso é essencial para proporcionar proteção contra os quatro sorotipos diferentes da dengue", destacou a coordenadora de imunização, Jaíra Ataíde.

A decisão de iniciar a vacinação por essa faixa etária é estratégica, permitindo que mais municípios recebam as doses inicialmente, devido ao quantitativo limitado de vacinas fornecidas pelo fabricante.

A vacina contra a dengue será administrada em duas doses, com um intervalo de três meses entre elas. O Ministério da Saúde recomenda uma cobertura vacinal de 90% para as duas doses.

Ações -Além da vacinação, a Sespa está intensificando as ações de prevenção à doença. Programas educativos estão sendo realizados nas Usinas da Paz, em Belém e na região metropolitana, com o objetivo de incentivar as crianças a se tornarem mini-agentes de endemias, disseminando conhecimento em suas escolas e lares. Este trabalho é realizado em conjunto com as equipes de arboviroses e entomologia, com planos de expansão para outras regiões de saúde.

Texto: Bianca Botelho (Ascom Sespa)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários